header-cazuza

Curadoria, Identidade e Projeto Expográfico

A Firjan SESI e a Sociedade Viva Cazuza promoveram a exposição “Cazuza 60 anos” para homenagear o compositor, cantor e poeta, no foyer do Teatro SESI Centro.

Com curadoria de Leo Eyer, a mostra retrata a trajetória do artista desde sua infância e juventude, passando pelo início da carreira com o Barão Vermelho até seu período solo. O acervo é da Sociedade Viva Cazuza e conta com fotos do artista menos conhecidas pelo público e réplicas de alguns de seus objetos pessoais.

“Cazuza 60 anos” também disponibiliza ao público playlists montadas especialmente para a exposição, com músicas de diversas fases da carreira do artista.

A exposição é dividida em seis temas inspirados pelas letras do próprio Cazuza:

1. Pro dia nascer feliz – A infância, a origem do nome e os primeiros passos.
2. Pode seguir a tua estrela – Curiosidades sobre a formação, a juventude e o início da trajetória como cantor.
3. Mais uma dose? É claro que eu tô a fim – A fase no Barão Vermelho e o início da fama.
4. Faz parte do meu show – Carreira solo, explorando novos caminhos musicais, mostrando fotos que retratam as performances energéticas do cantor.
5. Até nas coisas mais banais – Momentos íntimos no lar, com amigos e familiares.
6. O tempo não para – Últimos anos de sua carreira, a doença e a despedida.

 

cazuza-10

cazuza-6

cazuza-13

cazuza-4

cazuza-1

cazuza-5
cazuza-9

cazuza-32

cazuza-11
cazuza-14

cazuza-7

cazuza-8

cazuza-15

cazuza-16
cazuza-18

cazuza-34

cazuza-33

cazuza-20

cazuza-19

cazuza-29

Cliente: Firjan SESI
Curadoria e Concepção: Leo Eyer
Direção de Design: Leo Eyer
Design Expográfico: Rodrigo Erthal, Rodrigo Moura e Pedro Bittencourt
Motion Design: Glauber Vianna
Coordenação de Design: Vivianne Jorás
Produção Geral: Danielle Holanda
Produção Cenográfica: Alessandro Sales
Acervo: Sociedade Viva Cazuza
Realização: Firjan SESI